×

ONU quer transformar Forte Príncipe da Beira em patrimônio mundial

Projeto preservará a memória e identidade do povo brasileiro sem contar a relevância social, cultural e econômica para a região

ONU quer transformar Forte Príncipe da Beira em patrimônio mundial - turismo - jaqueline cassol

No início do mês de março, a advogada Jaqueline Cassol visitou o maior patrimônio cultural do estado de Rondônia e denunciou o descaso de autoridades neste site de notícias leia aqui.

Cerca de quatro meses após a visita, ela comemorou a notícia publicada pelo G1, na semana passada, informando que a fortaleza localizada no município de Costa Marques, fronteira com a Bolívia, será avaliada pela Organização das Nações Unidas (ONU) para a Educação,  Ciência e  Cultura (Unesco) e poderá ser transformada em patrimônio mundial. O projeto é de fundamental importância para preservar a memória e identidade do povo brasileiro, sem contar a relevância social, cultural e econômica.

“Naquela ocasião, lamentei ouvindo da professora Bete Farias sua preocupação em ver as instalações se deteriorando dia a dia, sem que fosse tomada qualquer providência para a preservação do nosso patrimônio histórico do Estado. O lugar é lindo e me alegra saber que a maior organização internacional está à frente dessa causa. Como potencial histórico cultural, essa iniciativa vai contribuir expressivamente para o desenvolvimento da região”, lembrou Jaqueline Cassol.

 

Saiba mais: G1

 

Accessibilidade