×

Mais de mil pessoas devem voltar a enxergar por meio de Mutirão de cirurgias de catarata

Para as cirurgias, a deputada federal Jaqueline Cassol destinou R$ 3.6 milhões.

Mais de mil pessoas devem voltar a enxergar por meio de Mutirão de cirurgias de catarata - noticias - jaqueline cassol

Registro feito antes da pandemia do Coronavírus.

O Projeto Visão criado pela deputada federal Jaqueline Cassol (PP-RO), será retomado na próxima sexta-feira (13) pelo Governo do Estado, por meio do Projeto Enxergar. As ações preveem a realização de mutirões de cirurgias de catarata e pterígio, gratuitos, beneficiando 1.2 mil pessoas. Para as cirurgias, a deputada destinou R$ 3.6 milhões.

“Tenho um carinho muito grande por esse projeto. Com o retorno da visão, as pessoas que tinham dificuldade para enxergar ou havia perdido totalmente a visão, voltam a ter qualidade de vida”, destacou a deputada.

Os procedimentos serão realizados pelo Governo do Estado de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da

Mais de mil pessoas devem voltar a enxergar por meio de Mutirão de cirurgias de catarata - noticias - jaqueline cassol

Registro feito antes da pandemia.

Saúde (Sesau). Nessa etapa estão previstos a realização de duas mil consultas oftalmológicas; mil cirurgias de catarata; 200 de pterígio e mais de 14 mil exames oftalmológicos complementares, sem custo aos pacientes.

Além de Cacoal, o projeto contemplará moradores de Pimenta Bueno, Espigão D’Oeste, Parecis, Primavera de Rondônia, Vilhena, Cerejeiras, Cabixi, Corumbiara, Colorado D’Oeste, Pimenteiras, Alta Floresta D’Oeste, Alto Alegre dos Parecis, Novo Horizonte, Santa Luzia D’Oeste e Rolim de Moura.

Para ter acesso aos procedimentos, basta procurar uma Unidade Básica de Saúde (UBS) e preencher um cadastro. A pessoa será inserida na Central de Regulação e logo a equipe entrará em contato agendando a consulta e posteriormente a cirurgia. Os procedimentos serão feitos no sistema de mutirão.

A solenidade de retomada dos mutirões de cirurgias será na sexta-feira, as 9h na Escola Estadual Josino Brito, em Cacoal.

Fonte: Assessoria de Comunicação

Accessibilidade