×

Jaqueline Cassol defende a contratação de médicos formados no exterior durante audiência pública

Governador do Estado Marcos Rocha, garantiu que abraçará a causa.

Jaqueline Cassol defende a contratação de médicos formados no exterior durante audiência pública - noticias - jaqueline cassol
A deputada federal Jaqueline Cassol (PP-RO) mais uma vez defendeu a contratação dos Médicos Formados no Exterior para atuarem em Rondônia. Durante participação, de forma on line, de uma audiência pública, promovida pela Assembleia Legislativa de Rondônia (ALE-RO) a deputada afirmou que os médicos estão prontos para trabalhar. Por meio de uma ligação telefônica, no meio da reunião o chefe da Casa Civil, afirmou que o governador do estado abraçará essa causa.

“Temos muitos médicos formados no exterior e acadêmicos de medicina, que não conseguiram pagar a faculdade no Brasil e tiveram que ir estudar fora. No entanto, quando retornam para o país de origem, os filhos da pátria não conseguem exercer a profissão”, destacou a deputada.

A reunião que foi conduzida pelo presidente da ALE, Alex Redano, contou com a participação de lideranças políticas, além de médicos formados em instituições de ensino superior de outros países.  A Deputada destacou que em 2019, houve um avanço na Câmara dos Deputados com a aprovação da lei do Revalida de sua autoria. A lei estabelece a aplicação do exame duas vezes ao ano.

Em 2020 a primeira etapa da prova foi aplicada, mas a segunda fase ainda não tem data marcada.

“Na última semana eu falei com a equipe do Inep e infelizmente ainda não tem data prevista para a segunda etapa e nem previsão da aplicação da segunda prova”, lamentou Jaqueline.

Ainda durante a fala da deputada, ela lembrou que na última semana, mais de 40 médicos pediram demissão em Rondônia, buscando melhores condições de trabalho em outras regiões. No Brasil, são mais de 15 mil médicos formados no exterior que não estão exercendo a profissão.

Jaqueline Cassol defende a contratação de médicos formados no exterior durante audiência pública - noticias - jaqueline cassol“Eu acredito que nesse momento nós temos que somar forças. Valorizo muito os médicos formados no Brasil, o que seria de nós sem esses médicos nesse período de pandemia, mas também tenho convicção, de que se os médicos formados no exterior fossem contratados, os demais não estariam tão exaustos e o peso desse período poderia ser dividido”, acredita Cassol.

O deputado estadual Ismael Crispim, elogiou o trabalho da deputada Jaqueline, que vem sendo a voz dos médicos formados no exterior.

“A deputada é uma voz que tem ecoado em defesa dos nossos profissionais formados no exterior, então quero deixar o meu reconhecimento ao trabalho dela”, elogiou Crispim.

E como forma de esperança, para todos que estavam acompanhando a reunião, o chefe da Casa Civil, Júnior Gonçalves, por meio de uma ligação telefônica ao deputado Alex Redano, disse que o Governador do Estado Marcos Rocha, estava acompanhando a reunião e garantiu que abraçará a causa.

“Em nome do governador a gente vê que é um momento de unirmos forças. Essa é uma saída muito nobre e o procurador geral já está autorizado a acionar a justiça, para contratar todos eles”, disse Júnior.

Ao final da audiência, foi proposto montar uma comissão parlamentar temporária, além de criarem um grupo de mensagens, para acompanharem o andamento desse processo, que será feito via judicial.

 

Fonte: Assessoria de comunicação

Accessibilidade