×

Vilhena sedia primeira edição do Projeto Despertar para a Vida

Ação da deputada Jaqueline Cassol tem objetivo de levar informações sobre depressão e ansiedade

O município de Vilhena recebeu a primeira edição do Projeto Despertar para a Vida, ação da deputada federal Jaqueline Cassol (PP-RO) que tem o objetivo de informar e orientar sobre os sinais e enfrentamento da depressão e ansiedade. A Palestra sobre Programação Neurolinguística para Educadores, conduzida pela especialista Cris Farias, foi realizada no auditório do Instituto Federal de Rondônia (IFRO), em parceria com a Fundação Milton Campos, no último dia 09 de agosto.

vilhena sedia primeira edicao do projeto despertar para a vida 1 1024x768 - Vilhena sedia primeira edição do Projeto Despertar para a Vida - jaqueline cassol

Educadores, pais, lideranças, e acadêmicos compareceram e receberam orientações sobre as melhores formas de se comunicar e identificar o processo de aprendizagem ideal para cada pessoa. Cris Farias explicou sobre os sistemas representativos e como as emoções influenciam as pessoas. “Se uma pessoa tem mais facilidade de fixar memórias visuais, uma aula sem nenhuma imagem pode ser mais complicada e, obviamente, compromete o aprendizado”, explicou ela aos presentes.

vilhena sedia primeira edicao do projeto despertar para a vida 300x211 - Vilhena sedia primeira edição do Projeto Despertar para a Vida - jaqueline cassolEm vídeo, Jaqueline Cassol agradeceu a participação da população e destacou a importância do debate. A deputada informou que essa foi a primeira palestra do Projeto Despertar para a Vida e que outras atividades já estão programas para os próximos meses. “Nós já temos quase dez ações previstas em vários municípios. É importante a participação da sociedade, pois é um tema muito presente no dia a dia das famílias”.


O comunicador Mauro Fonseca participou do evento, acompanhado da esposa e dos dois filhos do casal. Antes do evento ele recebeu a Couching Cris Faris para uma entrevista, gostou dos assuntos abordados e resolveu aprender mais. “A programação neurolinguística é realmente muito importante na nossa comunicação, principalmente com nossos filhos. Aprendi muito hoje, certamente participarei das próximas”.

Durante a palestra em Vilhena, Cris Farias fez um alerta sobre os números da depressão em Rondônia. “Segundo pesquisa, cerca de 80 mil pessoas aqui no estado sofrem com depressão. Essas são as diagnosticadas. Imaginem o quanto de pessoas estão sofrendo com esse problema e ainda não buscaram ajuda”, alertou a profissional.

vilhena sedia primeira edicao do projeto despertar para a vida 2 1024x682 - Vilhena sedia primeira edição do Projeto Despertar para a Vida - jaqueline cassol
Por entender a gravidade do problema da depressão, a deputada Jaqueline Cassol buscou desenvolver um projeto que tivesse continuidade. O Despertar para a Vida conta com ciclos de palestras, uma espécie de capacitação contínua. Quem participou da abertura em Vilhena, por exemplo, deve comparecer na segunda e terceira fase, que acontece em 05 de setembro e 10 de outubro.
Cacoal, Espigão e Rolim de Moura são os próximos municípios a receberem a primeira etapa do projeto. No próximo dia 22 de agosto, Cacoal será palco de novo encontro de educadores e toda a sociedade.

vilhena sedia primeira edicao do projeto despertar para a vida 3 1024x556 - Vilhena sedia primeira edição do Projeto Despertar para a Vida - jaqueline cassol
Projeto Despertar para a Vida
O projeto Despertar para a Vida é idealizado pela deputada federal Jaqueline Cassol, em parceria com a Fundação Milton Campos, com objetivo de oferecer gratuitamente ciclos de palestras e capacitações para educadores, sejam eles da família, escola ou comunidade. A deputada explica que o projeto foi criado em razão do alto número de casos de depressão em professores, crianças, adolescentes e jovens registrados em Rondônia. “Essa fase é marcada por intensas modificações no desenvolvimento humano. E, segundo os especialistas, se os conflitos próprios dessa fase forem mal conduzidos, podem contribuir para o surgimento de transtornos do humor, e em particular da depressão. Não desejamos isso”.

Próximas ações:

22/08 Cacoal Auditório – UNESC – às 18h30
23/08 Espigão do Oeste – Câmara Municipal – às 18h30
24/08 Rolim de Moura Auditório – FAROL – às 15h

Fonte: Assessoria

Accessibilidade