Indústria de Rondônia ouve atentamente as propostas de Jaqueline Cassol para o Senado

20 de setembro de 2022

Em evento promovido pela Fiero, a candidata falou de seu trabalho como deputada e como pretende atuar no Senado Federal

Compartilhe

Ao participar do evento Diálogo com os Candidatos, promovido pela Federação das Indústrias de Rondônia (Fiero), nesta segunda-feira (19), a candidata ao Senado Jaqueline Cassol (Progressistas) defendeu a regularização fundiária e o fortalecimento da indústria já instalada em Rondônia, além de oferecer mecanismos de atração de novos empreendimentos.

Durante meia hora, a candidata fez uma exposição de algumas de suas realizações enquanto deputada federal, apresentou propostas e respondeu questionamentos. Indagada sobre o apoio à indústria, com ênfase aos microempreendimentos, ela ressaltou que como parlamentar trabalhou pela aprovação do Proampe, linha de crédito do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte para auxiliar no desenvolvimento e fortalecimento do seu negócio.

“Esse setor gera muito emprego e renda e é preciso uma atenção especial. Além do Proampe, ajudei em outras pautas voltadas ao segmento. Defendo ainda que haja uma valorização dos empreendimentos já existentes, que estão na luta há anos, gerando oportunidades, além de buscar oferecer mecanismos de atração para atrair novas empresas, aproveitando o nosso potencial, que é o setor produtivo”. 

Ao ser indagada sobre a necessidade de aprovar no Congresso o marco regulatório para a concessão de crédito de carbono, Jaqueline Cassol disse que o tema é importante, mas que é preciso, primeiro, promover a regularização fundiária.

“É fundamental que haja a regularização fundiária, pois o documento de posse torna possível fazer financiamento e também acessar outros benefícios, como a concessão do crédito de carbono. Eleita senadora, vou lutar pela aprovação de uma regulamentação que leve em conta a nossa realidade”, arrematou.

Ações

Jaqueline Cassol elencou algumas ações enquanto parlamentar federal, com destaque para a autoria e aprovação da Lei do Revalida, que assegura duas provas por ano para médicos formados no exterior para conseguir o registro no CRM. A Lei Henri Borel, de proteção às crianças no ambiente doméstico foi outra pauta importante encampada pela deputada.

36 anos da Fiero

Jaqueline Cassol finalizou sua participação parabenizando a Fiero que completou 36 anos neste dia 19 de setembro. Ela ressaltou que a instituição tem exercido exemplarmente seu papel de defender o interesse da indústria rondoniense, contribuindo para a competitividade e crescimento do setor industrial no Estado.

Fonte: Assessoria.