Defensora do protagonismo feminino, Jaqueline Cassol vai ampliar ações de atenção às mulheres

16 de setembro de 2022

Como deputada federal, Jaqueline destinou recursos para qualificação profissional, gerando oportunidade no mercado de trabalho

Compartilhe

A candidata ao senado Jaqueline Cassol (PP) tem posição firme em defesa do protagonismo feminino. Essa tem sido uma pauta defendida constantemente pela deputada federal em diferentes frentes de trabalho no Congresso.

Jaqueline Cassol foi relatora do Projeto de Lei 4.968/19, da Dignidade Menstrual, para a distribuição gratuita de absorventes higiênicos, que devem atender cerca de seis milhões de mulheres de baixa renda.

É de autoria dela o projeto de lei, em tramitação, que altera o Código de Processo Penal e estende as regras da prisão em flagrante para casos de apresentação espontânea do acusado. Trata-se da Lei Antonielli, em alusão à Antonielli Nunes Martins, grávida de 32 anos, assassinada pelo pai de seu filho, um crime bárbaro que deixou a população de Rondônia em choque.

Outra lei importante da qual é autora é o PL 2.372/19, que visa destinar 10% das vagas disponíveis em empresas prestadoras de serviços para órgão públicos do país, às mulheres que vivem em situação de violência.

Ela é uma das autoras do PL 2.589/2021, que institui programa de Crédito da Mulher no âmbito das instituições financeiras oficiais federais e dispõe sobre medidas de fomento ao empreendedorismo feminino por meio de crédito.

Jaqueline ainda foi relatora do Projeto de Lei que cria a Política Nacional da Mulher no Campo, com a finalidade de incentivar a atividade rural das mulheres e proporcionar atendimento prioritário na Emater e na Embrapa.

Capacitação e Oportunidade

Oportunidade de emprego e renda para as mulheres também é preocupação de Jaqueline Cassol. Uma das ações neste sentido é o projeto “Empoderamento da Mulher”, promovido em parceria com o IFRO. “Foram cerca de R$ 8,9 milhões para fomentar a capacitação feminina, o que possibilitou a formação de mais de duas mil mulheres em 46 cidades do estado, em cursos nas áreas administrativa e financeira, estética, gestão, marketing e outras”.

Mulher na Política

Presidente do Progressistas em Rondônia, Jaqueline Cassol vem atuando desde 2015, quando assumiu o partido, para aumentar a participação da mulher na política e em espaços de poder. Através do movimento Mulheres Progressistas, são realizados encontros periódicos de conscientização, debates, oficinas e demais atividades.

Para Jacqueline, as mulheres devem ocupar posição de destaque em todos os cenários, seja na vida pública ou na iniciativa privada. Afinal, lugar de mulher é onde ela quiser.

“É preciso que existam políticas públicas que permitam a expansão de direitos, oportunidades e representatividade para as mulheres. Somos a maioria da população e do eleitorado, mas a participação feminina na política é tímida e precisamos de mais ações efetivas para ampliar essa presença”, disse Jaqueline.

Atuação Feminina é pra Já!

Como candidata ao Senado Federal, Jaqueline Cassol vai ampliar sua atuação voltada às mulheres rondonienses, em especial. Ela defende a autonomia econômica das mulheres; incentivo à participação feminina na política; políticas de empoderamento; inclusão e oportunidades no mercado de trabalho.

Para apresentar melhor suas propostas de trabalho para esse público, Jaqueline Cassol destinou um espaço especial em seu site, uma página inteira dedicada às mulheres onde expõe suas ideias de trabalho e aponta todas as suas conquistas para este público.

Fonte: Assessoria.