VALE DO JAMARI: Jaqueline Cassol reafirma compromisso com a Regularização Fundiária para “separar o joio do trigo”

14 de setembro de 2022

Nesta quarta-feira campanha segue em Buritis, Monte Negro, Rio Pardo e outros distritos

Compartilhe

A candidata ao senado, Jaqueline Cassol, acompanhada do seu irmão e ex-governador, Ivo Cassol, intensificou a campanha “pé no chão, olho no olho, goela e canela” na região do Vale do Jamari (Monte Negro, Alto Paraíso, Cujubim, Ariquemes) nesta terça-feira (13), onde visitaram empresas, realizaram caminhadas, entrevistas e muitas reuniões conversando e levando as propostas de campanha. 

Em suas falas, a candidata Jaqueline Cassol tem reforçado a destinação de recursos de emendas a todos os 52 municípios do Estado. Em 3,5 anos de mandato foram R$230 milhões em recursos, sendo R$12 milhões para o Vale do Jamari. 

A candidata também realizou nesta terça-feira caminhadas em Cujubim, acompanhada de Ivo Cassol, onde realizaram visitas a empresas e reuniões com produtores rurais, onde comentou sobre regularização fundiária e ocupação de terras. “É preciso separar o joio do trigo. O grileiro que devasta as matas do produtor do bem, que produz e cuida de sua área”. 

Para as mulheres, em especial às produtoras rurais, Jaqueline destacou seu trabalho enquanto deputada federal, onde é relatora do projeto de lei de valorização da mulher agricultora e que vai criar a Política Nacional da Mulher no Campo.

Nesta quarta-feira (14) a campanha “Pé no chão, olho no olho, goela e canela” prossegue com agenda em Buritis e Rio Pardo. E na quinta-feira (15) em Buritis, Jacinópolis, Rio Branco e Campo Novo. 

Fonte: Assessoria.